UC cria 1º medicamento radiofarmacêutico português

Imagem da notícia: UC cria 1º medicamento radiofarmacêutico português

Com o nome de FDG•UC (Fluodesoxiglucose[18F] UC), o fármaco desenvolvido na Universidade de Coimbra através do Instituto de Ciências Nucleares Aplicadas à Saúde (ICNAS), obteve Autorização de Introdução no Mercado (AIM) pelo Infarmed (Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento).

Em entrevista ao Ciência Hoje, o vice-reitor para a área da investigação da UC, Amílcar Falcão, explica que o medicamento desenvolvido é um radiofármaco utilizado como meio auxiliar de diagnóstico fundamentalmente para vários tipos de neoplastias. “É utilizado nos exames PET, permitindo aos médicos uma avaliação muito precisa do estádio da doença e o planeamento da terapêutica individualizada, de acordo com as necessidades dos doentes”.

Segundo o também diretor técnico do ICNAS Produção, a formulação desenvolvida apresenta várias diferenças em relação às já existentes, “distinguindo-se pela sua qualidade, estabilidade, fiabilidade e rapidez.

 

3 Fevereiro 2012
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Pedro Menéres apresenta candidatura à SPO

Com a experiência de dois mandatos na direção da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) (biénio 2015/2016 e 2021/2022), e exercício anterior como membro do Board de duas sociedades internacionais (ESA e ESCRS), Pedro Menéres apresenta agora a sua candidatura à presidência da SPO para o biénio que se inicia em janeiro de 2025.

Ler mais 16 Julho 2024
Atualidade

AbbVie apoia SEMEAR e doa 100 cabazes à Academia Johnson

A AbbVie realizou, em junho, mais um "Week of Possibilities", o seu programa global de responsabilidade social que consiste em contribuir para as comunidades locais através do voluntariado. Nesta edição, a biofarmacêutica colaborou com o projeto SEMEAR para a doação de 100 cabazes à Academia Johnson.

Ler mais 15 Julho 2024
Atualidade