Mulher da ciência 2012

Imagem da notícia: Mulher da ciência 2012

A Organização Europeia de Biologia Molecular (EMBO – European Molecular Biology Organization) e a Federação de Sociedades Europeias de Bioquímica anunciaram a investigadora suíça Susan Gasser, diretora do Instituto Friedrich Miescher para a Investigação Biomédica, como vencedora do FEBS/EMBO Women in Science Award em 2012.

De acordo com o Ciência Hoje, o galardão destaca o trabalho que tem vindo a desenvolver em epigenética e estabilidade do genoma, assim como o compromisso que tem assumido em orientar mulheres nas suas carreiras científicas.

O prémio FEBS/EMBO Women in Science Award destina-se a reconhecer a investigação excecional de uma cientista, nos últimos cinco anos, na área de biologia molecular.

O laboratório de Gasser debruça-se em dois tópicos de grande importância para a saúde humana: a manutenção da estabilidade do genoma através da regeneração do DNA e o papel da herança epigenética durante a diferenciação do tecido.

A equipa da investigadora suíça estuda como uma célula e o ambiente afetam o código epigenético em diferentes organismos. As implicações deste trabalho são vastas e de longo alcance para doenças humanas, mas especialmente para o cancro.

 

 

 

17 Fevereiro 2012
Atualidade

`

Notícias relacionadas

SNS: telessaúde usada em 87% dos hospitais

Mais de 80% dos hospitais do SNS recorrem à telessaúde, sendo o telerrastreio e a teleconsulta os mais frequentes, mas os projetos de inteligência artificial ainda não chegaram a metade das instituições de saúde em Portugal.

Ler mais 17 Junho 2019
Atualidade

Cancro: centro de investigação europeu distingue estudo da FCTUC

Um estudo que, pela primeira vez, avaliou o impacto de fármacos anticancerígenos na água do interior das células foi distinguido com o Society Impact Award 2019, prémio atribuído pelo ISIS Neutron and Muon Source, laboratório que possui um dos mais potentes feixes de neutrões e muões do mundo, localizado no Reino Unido.

Ler mais 13 Junho 2019
Atualidade