Mulher da ciência 2012

Imagem da notícia: Mulher da ciência 2012

A Organização Europeia de Biologia Molecular (EMBO – European Molecular Biology Organization) e a Federação de Sociedades Europeias de Bioquímica anunciaram a investigadora suíça Susan Gasser, diretora do Instituto Friedrich Miescher para a Investigação Biomédica, como vencedora do FEBS/EMBO Women in Science Award em 2012.

De acordo com o Ciência Hoje, o galardão destaca o trabalho que tem vindo a desenvolver em epigenética e estabilidade do genoma, assim como o compromisso que tem assumido em orientar mulheres nas suas carreiras científicas.

O prémio FEBS/EMBO Women in Science Award destina-se a reconhecer a investigação excecional de uma cientista, nos últimos cinco anos, na área de biologia molecular.

O laboratório de Gasser debruça-se em dois tópicos de grande importância para a saúde humana: a manutenção da estabilidade do genoma através da regeneração do DNA e o papel da herança epigenética durante a diferenciação do tecido.

A equipa da investigadora suíça estuda como uma célula e o ambiente afetam o código epigenético em diferentes organismos. As implicações deste trabalho são vastas e de longo alcance para doenças humanas, mas especialmente para o cancro.

 

 

 

17 Fevereiro 2012
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas

“Em 2050, uma em cada duas pessoas vão sofrer de miopia”

O alerta é da OMS sublinhado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. No Dia Mundial da Visão a instituição chama atenção para a excessiva exposição de crianças a dispositivos eletrónicos. 80% de todas as causas de deficiência visual são evitáveis ou podem ser tratáveis mediante prevenção adequada.

Ler mais 14 Outubro 2021
AtualidadeOftalmologia