Criado implante sem fios para a retina

Imagem da notícia: Criado implante sem fios para a retina

Cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, desenvolveram um implante para a retina que não necessita nem de cabos de ligação, nem de uma bateria que lhe forneça energia. Funciona com infravermelhos, como o comando de controlo remoto de uma televisão, mas neste caso a radiação transmite tanto a informação visual como a energia ao dispositivo colocado na parte de trás do olho.

Revelado na revista Nature Photonics, pela equipa de James Loudin, o dispositivo apenas foi aplicado em ratos, para mostrar que funciona com radiação infravermelha. Porém, este implante sem fios é considerado mais um passo para restaurar a visão em pessoas com doenças que danificam a retina.

De acordo com o jornal Público, este “olho biónico” é constituído por várias partes: um dispositivo implantado na retina dos ratos; por uma câmara minúscula nuns óculos especiais; um computador de bolso que processa as imagens captadas; e, por fim, por um sistema que projeta as imagens no implante, através de ‘flashes’ de infravermelhos. Ao receber estes impulsos, o dispositivo estimula a retina, como explica uma notícia no ‘site’ da revista Nature.

17 Maio 2012
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas

“Em 2050, uma em cada duas pessoas vão sofrer de miopia”

O alerta é da OMS sublinhado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. No Dia Mundial da Visão a instituição chama atenção para a excessiva exposição de crianças a dispositivos eletrónicos. 80% de todas as causas de deficiência visual são evitáveis ou podem ser tratáveis mediante prevenção adequada.

Ler mais 14 Outubro 2021
AtualidadeOftalmologia