Portugal com investigação ‘premium’ na área da Oftalmologia

Imagem da notícia: Portugal com investigação ‘premium’ na área da Oftalmologia

OftalPro: A Bayer acaba de lançar o Global Ophthalmology Awards Program (GOAP). Em que consiste esta iniciativa?

Isabel Fonseca Santos: O GOAP é uma bolsa de investigação e formação mundial em Oftalmologia, cujo objetivo é promover o avanço do conhecimento científico e clínico relativo às patologias desta área. Trata-se de um incentivo à promoção de novos trabalhos nesta área da medicina proporcionando, assim, novas oportunidades para profissionais de saúde, que terão um papel fundamental na investigação e desenvolvimento de outras soluções para o tratamento de doentes com patologias oftalmológicas.

OF: Estão neste momento dedicados a mais projetos?

IFS: O nosso lema “Bayer: Science For A Better Life” salienta bem a nossa posição em relação à investigação e ao desenvolvimento. Em Portugal, na área da saúde, a Bayer tem vindo a investir sobretudo na pesquisa clínica, participando anualmente em diversos ensaios clínicos internacionais. Na área da investigação básica, temos também um importante protocolo com o Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica (IBET) para a investigação, pesquisa e produção de anticorpos terapêuticos. Estamos igualmente a desenvolver contactos com outros institutos nacionais, na tentativa de alargar as nossas parcerias locais a outras áreas chave para a Bayer, como por exemplo a oncologia e a cardiologia. Em 2012, estamos particularmente envolvidos na área da anti-coagulação oral, com a recente aprovação de novas indicações terapêuticas para o Rivaroxabano (um inibidor direto do Factor Xa, administrado por via oral), o que vai de encontro a uma necessidade muito real da população portuguesa que, como é bem sabido, apresenta uma taxa elevada de mortalidade e morbilidade por AVC.

Leia a entrevista na íntegra na OftalPro 18

14 Junho 2012
Entrevistas

PUBLICIDADE
|MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Rufino Silva, novo presidente da SPO, em entrevista

Formação científica e educação médica, revisão dos estatutos, defesa do ato médico em oftalmologia e indexação internacional da revista da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO). São estes os principais desafios que Rufino Silva, recém-eleito presidente da SPO, projeta para o próximo biénio.

Ler mais 18 Fevereiro 2021
Entrevistas