O olhar não mente

Imagem da notícia: O olhar não mente

Pela primeira vez, cientistas da Universidade de Cornell, nos EUA, conseguem revelar a orientação sexual de pessoas através dos olhos.

Segundo o estudo, publicado no jornal científico PLoS ONE, foi usada uma lente especial de infravermelhos para medir as mudanças pupilares aos participantes, enquanto assistiam a vídeos eróticos.
As pupilas expandiram-se mais nos vídeos de pessoas que os participantes acharam atraentes, revelando se eram heterossexuais ou homossexuais.

“Com esta nova tecnologia, somos capazes de explorar a orientação sexual de pessoas que nunca iriam participar num estudo de excitação genital, como as pessoas de culturas tradicionais. Isto dá-nos uma melhor compreensão de como a sexualidade é expressa por todo o planeta”, afirma Gerulf Rieger, autor líder do estudo.

16 Agosto 2012
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Leadership Online Series aponta a 3.ª sessão

A terceira sessão do evento acontece na próxima sexta-feira, 18 de junho e vai contar com a participação de Michael Brennan, Tamara Fountain, José Beniz, Maria Frazão e Wanjiku Mathenge.

Ler mais 16 Junho 2021
AtualidadeEventos e FormaçãoOftalmologia

CIRP 2021 promove diálogo e entrega prémios

O CIRP 2021 – Reunião dos Grupos Portugueses de Cirurgia Implanto-Refrativa, Superfície Ocular, Córnea e Contactologia, decorreu no passado fim de semana (12 e 13 junho), em Albufeira.

Ler mais 15 Junho 2021
AtualidadeEventos e FormaçãoOftalmologia