Componente da cannabis pode travar metástases

Imagem da notícia: Componente da cannabis pode travar metástases

A cannabis, que já se provou ser eficaz na redução das dores e das náuseas nos pacientes com cancro, poderá ser capaz de travar a formação de metástases, evitando que a doença se espalhe pelo organismo.

Dois cientistas americanos estão há mais de uma década a fazer esta investigação e, recentemente, os resultados mostraram que um componente da cannabis (que não produz os efeitos associados ao consumo de droga) tem a capacidade de parar a atividade de um gene responsável pela metastização de vários tipos de cancro, em particular o cancro da mama.

Os investigadores, Sean McAllister e Pierre Desprez, estão agora a realizar testes em animais por meio de injeções e estão também a testar comprimidos, já que o fumo da cannabis não seria suficiente para obter as doses necessárias de canabidiol, a substância química da planta que acreditam ser capaz de evitar que o cancro alastre.

O próximo objetivo é testar a eficácia deste composto em doentes reais.

26 Outubro 2012
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas

“Em 2050, uma em cada duas pessoas vão sofrer de miopia”

O alerta é da OMS sublinhado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. No Dia Mundial da Visão a instituição chama atenção para a excessiva exposição de crianças a dispositivos eletrónicos. 80% de todas as causas de deficiência visual são evitáveis ou podem ser tratáveis mediante prevenção adequada.

Ler mais 14 Outubro 2021
AtualidadeOftalmologia