Exercício da medicina alternativa tem novo enquadramento legal

Imagem da notícia: Exercício da medicina alternativa tem novo enquadramento legal

Acupuntura, homeopatia, osteopatia, naturopatia, fitoterapia e quiropraxia, de acordo com um diploma aprovado recentemente em Conselho de Ministros, só podem ser praticadas por quem tenha formação superior e cédula profissional com registo público, noticiou a SIC a partir da Lusa.

A aprovação da proposta de lei decorre de “uma decisão do Tribunal Administrativo de Lisboa, do final de agosto, que condenou os ministérios da Saúde e da Educação a regulamentar, no prazo de oito meses, a Lei sobre as terapêuticas não convencionais, aprovada em 2003 e que aguardava regulamentação há nove anos”.

O novo enquadramento legal vai facilitar a identificação dos profissionais com formação adequada ao exercício das funções.

4 Janeiro 2013
Atualidade

PUBLICIDADE
MIDO 2022
`

Notícias relacionadas

Colóquios de Oftalmologia 2022 decorrem em fevereiro

Os Colóquios de Oftalmologia 2022 realizam-se a 4 e 5 de fevereiro no Hotel Marriott, em Lisboa. O evento irá proporcionar palestras sobre atualidade em retina e implanto-refrativa, sustentabilidade e gestão, sociedade civil: glaucoma pediátrico.

Ler mais 12 Janeiro 2022
AtualidadeEventos e Formação

Janeiro, mês da consciencialização do glaucoma

A Prevent Blindness, uma organização sem fins lucrativos de saúde e segurança ocular, de Chicago, declarou janeiro como o mês da consciencialização do glaucoma. O objetivo é oferecer “uma variedade de recursos educacionais e de consciencialização gratuitos para ajudar a prevenir a perda desnecessária da visão”.

Ler mais 11 Janeiro 2022
AtualidadeOftalmologia