Exercício da medicina alternativa tem novo enquadramento legal

Imagem da notícia: Exercício da medicina alternativa tem novo enquadramento legal

Acupuntura, homeopatia, osteopatia, naturopatia, fitoterapia e quiropraxia, de acordo com um diploma aprovado recentemente em Conselho de Ministros, só podem ser praticadas por quem tenha formação superior e cédula profissional com registo público, noticiou a SIC a partir da Lusa.

A aprovação da proposta de lei decorre de “uma decisão do Tribunal Administrativo de Lisboa, do final de agosto, que condenou os ministérios da Saúde e da Educação a regulamentar, no prazo de oito meses, a Lei sobre as terapêuticas não convencionais, aprovada em 2003 e que aguardava regulamentação há nove anos”.

O novo enquadramento legal vai facilitar a identificação dos profissionais com formação adequada ao exercício das funções.

4 Janeiro 2013
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Leadership Online Series aponta a 3.ª sessão

A terceira sessão do evento acontece na próxima sexta-feira, 18 de junho e vai contar com a participação de Michael Brennan, Tamara Fountain, José Beniz, Maria Frazão e Wanjiku Mathenge.

Ler mais 16 Junho 2021
AtualidadeEventos e FormaçãoOftalmologia