Antibióticos podem deixar de ser eficazes

Imagem da notícia: Antibióticos podem deixar de ser eficazes

A Aliança Mundial Contra a Resistência aos Antibióticos (WAAR) detetou um “aumento drástico” da resistência aos medicamentos por “uso excessivo” de antibióticos e automedicação.

A eficácia dos antibióticos para prevenir infeções pode perder-se dentro de cinco anos devido ao seu uso excessivo e inadequado, alertaram peritos médicos. “Se a tendência continuar assim, estima-se que dentro de aproximadamente cinco anos faltarão tipos de medicamentos eficazes no mercado para tratamento de infeções”, afirma a Sociedade Espanhola de Medicina Intensiva, membro da WAAR, em comunicado.

Os “fracassos” de tratamentos com antibióticos já são reais e há um “número crescente” de infeções urinárias ou peritonite. No caso dos transplantes, os tempos de intervenção devem ser mais curtos para evitar infeções que possam degenerar na morte do paciente, refere.

Para a Associação, a solução passa pela prescrição de antibióticos, para pessoas e animais, que exige medidas “mais contundentes”.

22 Fevereiro 2013
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2021
`

Notícias relacionadas