Doentes mentais fumam demais

Imagem da notícia: Doentes mentais fumam demais

O estudo apurou que 36 por cento dos doentes mentais fuma, comparado com os 21 por cento dos outros adultos. Os pacientes com problemas mentais fumam também mais assiduamente, consumindo em média 331 cigarros por mês, comparados com os 311 de outros fumadores.

Os dados analisados são de um outro estudo da National Survey on Drug Use and Health, com uma população de 138 mil adultos, entre 2009 e 2011. A análise da altura foi da Administração dos Serviços de Abuso de Substâncias e Saúde Mental e não incluiu pacientes de hospitais mentais e do exército norte-americano.

Definiram como fumador alguém que fumou parte ou todo um cigarro nos últimos 30 dias e um doente mental como alguém diagnosticado com distúrbios mentais ou emocionais nos últimos 12 meses.

O estudo revelou também que o tabaco pode manifestar outros problemas, como ansiedade, ou mesmo outros problemas de saúde mais graves, não apropriado como uma forma de automedicação.

“Existem outros tipos de medicação muito mais eficazes, que ao contrário dos cigarros não tiram 10 anos de vida”. Entre os perturbados mentalmente, a taxa de fumadores é mais elevada nos mais novos, pobres e com menos instrução.

Só nos EUA, aproximadamente 443 mil pessoas morrerem, mortes associadas ao tabaco, segundo o CCDP. Segundo um estudo da universidade de Buffalo, no século XX perto de 100 milhões de mortes estão relacionadas com tabaco, a maior parte mais para o fim do século.

28 Fevereiro 2013
Atualidade

PUBLICIDADE
MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Fundação Gulbenkian e CUF fazem parceria

A presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, Isabel Mota, e o presidente da CUF, Salvador de Mello, firmaram recentemente um protocolo de colaboração através do qual pretendem aproveitar as sinergias existentes entre as áreas de atuação das duas instituições e promover o intercâmbio de conhecimentos, incentivar a cooperação e a investigação científica, estimular a formação de profissionais de saúde, apoiar iniciativas de elevado potencial e incentivar a publicação científica.

Ler mais 15 Outubro 2020
Atualidade