Medicamentos são falsificados em África

Imagem da notícia: Medicamentos são falsificados em África

A National Academy of Science (NAS) alerta que os índices de fármacos falsificados andam à volta da casa dos 50 pontos percentuais.

Segundo o ‘site’ Ciência Hoje, a falta de fiscalização na circulação de medicamentos e dos seus princípios ativos são apontadas como causas que levam a estas situações, principalmente em países em vias de desenvolvimento.

Os chamados ‘blockbusters’, medicamentos utilizados no tratamento de doenças como o cancro, alzheimer, disfunção erétil e malária, são os mais falsificados e atingem vendas na ordem dos setecentos milhões de euros por ano.

Vários países não consideram que determinada planta ou material biológico deva seguir o princípio ativo isolado, o que torna difícil a fiscalização.

A NAS alerta que estes fármacos são pouco eficazes no combate das doenças como também podem provocar graves efeitos secundários.

16 Abril 2013
Atualidade

`

Notícias relacionadas

CCVO lança Eagle Eye Vison Drink

Entre os dias 18 e 20 de abril, a CCVO marcou presença no XXIV Congresso Nacional de Ortoptistas, onde lançou “um produto inédito”, o Eagle Eye Vision Drink, um suplemento alimentar que contribui para a melhoria do desempenho visual, prevenção e tratamento de degeneração macular em fase inicial.

Ler mais 24 Maio 2024
Atualidade

HOYA estreia-se na TV em Portugal

Pela primeira vez, a HOYA vai anunciar a MiYOSMART, lente para a gestão da miopia em crianças e adolescentes, na televisão portuguesa, nos canais CMTV e TVI.

Ler mais 23 Maio 2024
AtualidadeLentes e Equipamentos