Trabalho sobre doenças neurodegenerativas vence prémio Bial

Imagem da notícia: Trabalho sobre doenças neurodegenerativas vence prémio Bial

O estudo desenvolvido pelo investigador canadiano Peter St. George-Hyslop que se focalizou nas doenças neurodegenerativas, para as quais até ao dia de hoje não foram encontradas curas, como o Alzheimer, venceu o Grande Prémio BIAL de Medicina/2012.

O diretor do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) e presidente do júri dos Prémios Bial/2012, António Sousa Pereira, revelou à agencia Lusa que a decisão foi unânime, e afirmou ainda que foi “um trabalho sólido e imenso na área das doenças neurodegenerativas”.

8 Maio 2013
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2021
`

Notícias relacionadas