Doença do olho seco mais comum em zonas poluídas

Imagem da notícia: Doença do olho seco mais comum em zonas poluídas

Um estudo elaborado por várias bases de dados médicas nos Estados Unidos da América revela que quem vive em zonas com elevados índices de poluição está mais em risco de contrair a doença do olho seco.

As entidades National Veterans Administrative (VA) Database, National Climatic Data Center e a NASA examinaram as fichas de saúde de 606 mil e 708 pessoas, que visitaram a VA entre 2006 e 2011.

Habitantes de Nova Iorque e subúrbios apresentavam um risco de três a quatro vezes superior de contrair doença do olho seco em comparação a habitantes de zonas mais “limpas”.

Os investigadores também encontraram uma relação entre o aumento da doença em regiões de grande altitude, um risco de mais 13 por cento.

É assim recomendado pelas agências mais atenção a este problema, em especial aos portadores da doença, que devem manter níveis baixos de humidade em casa como também comprar um filtro de ar.

20 Novembro 2013
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Huvitz HOCT: o novo equipamento “5 em 1”

Para além da medição da Biometria, o novo Huvitz HOCT permite fazer a medição da Topografia. O novo Huvitz HOCT está “mais completo”, prometendo concentrar várias capacidades num único equipamento.

Ler mais 14 Junho 2021
AtualidadeLentes e equipamentosOftalmologia

APOR: junho com novo “desafio fotográfico”

A Associação Portuguesa de Ortoptistas (APOR) lançou em janeiro a iniciativa “desafio fotográfico”, um desafio mensal que consiste na “elaboração e envio de uma imagem, em formato fotográfico, alusiva à atividade profissional de Ortopista”. O tema escolhido para junho é o “Segmento Anterior”.

Ler mais 14 Junho 2021
AtualidadeCuriosidadeEventos e Formação