Investimento milionário em investigação portuguesa

Imagem da notícia: Investimento milionário em investigação portuguesa

Rui Costa, investigador da Fundação Champalimaud, vai receber uma bolsa de dois milhões de euros para continuar a estudar como são armazenadas as memórias.

No âmbito do Programa de Neurociências da Fundação Chamaplimaud, o European Research Council vai financiar nos próximos cinco anos o projeto de Rui Costa, o ‘chunking’.

Basicamente, é a nomenclatura para o mecanismo que parcela as memórias e ações no cérebro humano.

Segundo o investigador português, em comunicado da Fundação, “o ‘chunking’ é um mecanismo que nos permite organizar memórias e ações de forma eficiente”, pelo que já se sabe que “os circuitos neuronais dos gânglios da base são importantes para este processo”, mas a informação relativa a este processo é escassa, relativamente “aos elementos individuais destes circuitos neuronais que estão ligados entre si”.

Torna-se necessário “perceber quais são, ao nível neuronal, as unidades-base deste processo”.

Os dois milhões de euros ajudarão a equipa de 20 investigadores a “dissecar, com uma precisão espacial e temporal sem precedentes, o papel dos sub-circuitos dos gânglios da base no processo de chunking”, explicou o Rui Costa.

14 Janeiro 2014
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas