Primeira córnea artificial implantada em Granada

Imagem da notícia: Primeira córnea artificial implantada em Granada

Foi em Espanha, Granada, que se implantou pela primeira vez uma córnea artificial.

O paciente, José Luis de 51 anos, sofria de fibrose corneana severa, que reduz gravemente as capacidades visuais ao ponto de só se conseguir distinguir luzes.

Os dois profissionais do Hospital San Cecilio e do Hospital Virgen de las Nieves, Miguel González Andrades e Santiago Medialdea, implantaram no doente uma córnea artificial, desenvolvida no departamento de Histologia da Universidade de Granada, que contém células humanas e biomaterial à base de nanotecnologia, que aliviou José Luis de dores e mau estar da fibrose corneana.

Terá de ser acompanhado durante dois anos, mas tudo indica que não vão surgir complicações, dado o sucesso da intervenção.

Este foi o primeiro de 20 pacientes com a mesma patologia, que estão à espera de ser operados.

A seguir a José Luis, mais quatro doentes receberão a córnea e, se tudo correr bem, os restantes também serão tratados.

No entanto, 10 vão servir como grupo de controlo, recebendo antes um transplante de membrana amniótica e tratamento convencional para as úlceras corneanas, típicas da fibrose.

25 Fevereiro 2014
Atualidade

PUBLICIDADE
MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Telemedicina continua a “criar ondas” na oftalmologia

A pandemia de Covid-19 está a transformar a forma como a medicina é praticada em todo o mundo. Novas alternativas para o modus operandi da prestação de cuidados de saúde tradicionais têm sido escolhidas durante estes tempos incertos.

Ler mais 22 Setembro 2020
AtualidadeOftalmologia

Covid-19: oftalmologistas precisam de vigiar manifestações oculares

No final de março, foi publicado na JAMA Ophthalmology o primeiro relatório sobre 12 casos de conjuntivite em 38 pacientes hospitalizados com Covid-19 na província de Hubei, na China. Essas descobertas foram cruciais para espalhar o alarme sobre uma possível infeção por SARS-CoV-2 através do olho e a necessidade de proteger os profissionais de saúde visual.

Ler mais 16 Setembro 2020
AtualidadeOftalmologia