Homem perde a visão e é indemnizado

Imagem da notícia: Homem perde a visão e é indemnizado

O Hospital da Figueira da Foz e o Hospital de Coimbra foram condenados a pagar a quantia conjunta de 85 mil euros a um paciente, por negligência médica.

Em 1999, este homem de 65 anos deu entrada nas urgências do Hospital da Figueira da Foz com dores no olho direito, após ter estado a cortar madeira.

Na altura foi-lhe dito que era uma farpa e o paciente voltou para casa.

Passados cinco dias regressou àquele hospital com uma infeção ocular grave, tratando-se na verdade de um bocado de aço, tendo sido transportado para Coimbra por não haver serviço de Oftalmologia no Hospital da Figueira da Foz.

Após uma cirurgia de oito horas, o homem acabou por perder a visão daquele olho.

O longo processo judicial terminou recentemente e o Tribunal da Relação de Coimbra condenou ambos os hospitais a pagarem 85 mil euros à vítima, 68 da Figueira da Foz e 17 mil de Coimbra.

13 Março 2014
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Pedro Menéres apresenta candidatura à SPO

Com a experiência de dois mandatos na direção da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) (biénio 2015/2016 e 2021/2022), e exercício anterior como membro do Board de duas sociedades internacionais (ESA e ESCRS), Pedro Menéres apresenta agora a sua candidatura à presidência da SPO para o biénio que se inicia em janeiro de 2025.

Ler mais 16 Julho 2024
Atualidade

AbbVie apoia SEMEAR e doa 100 cabazes à Academia Johnson

A AbbVie realizou, em junho, mais um "Week of Possibilities", o seu programa global de responsabilidade social que consiste em contribuir para as comunidades locais através do voluntariado. Nesta edição, a biofarmacêutica colaborou com o projeto SEMEAR para a doação de 100 cabazes à Academia Johnson.

Ler mais 15 Julho 2024
Atualidade