Emigração na Saúde é alvo de estudo

Imagem da notícia: Emigração na Saúde é alvo de estudo

Um estudo sobre a crise económica nos médicos foi distinguido com o Prémio Santander Totta/Universidade Nova de Lisboa.

Esta investigação analisará se os médicos que trabalham no setor público estão a emigrar ou a optar pelo privado. O projeto, coordenado por Giuliano Russo, do Instituto de Higiene e Medicina Tropical, visa também identificar medidas para aliviar os efeitos da crise económica sobre os trabalhadores da saúde e os utentes dos serviços.

Com esta distinção, a equipa vai realizar entrevistas, fazer grupos focais e inquéritos para medir e compreender o comportamento dos médicos face à mudança das condições de trabalho. Vão abranger dois agrupamentos de centros de saúde da região de Lisboa e Vale do Tejo, para avaliar ainda as consequências na variação da força de trabalho, disponibilidade e qualidade dos serviços oferecidos.

O estudo premiado será desenvolvido em colaboração com a Nova Business School of Economics e a Escola Nacional de Saúde Pública.

Os primeiros resultados deverão estar disponíveis no final de 2015.

29 Abril 2014
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas