Rastreio ao daltonismo percorre escolas portuguesas

Imagem da notícia: Rastreio ao daltonismo percorre escolas portuguesas

Um grupo de profissionais da visão está a realizar testes visuais a crianças de todo o país, para rastrear o daltonismo.

Cerca de 450 mil alunos serão avaliados com uma série de exames, como o teste de cores de Ishihara. Segundo a optometrista Melaine Quina, em declarações à RTP, “a maioria dos referenciados são rapazes”, principalmente “quando têm de identificar números escondidos entre os tons verdes”.

Até agora, os alunos de Vizela já foram abrangidos por este teste. Na aprendizagem, a cor é fundamental para orientar os mais pequenos nos exercícios, por isso, torna-se prioritário apurar estas dificuldades o mais rápido possível.

Miguel Neiva, criador do sistema de ColorAdd, conta ao mesmo órgão de comunicação que este teste é importante para “prevenir situações de vergonha, constrangimentos, e até ‘bullying'”, tanto dos colegas como dos próprios professores.

Para além do exame de rastreio, as crianças vão receber um kit ColorAdd, para se habituarem a este sistema universal no seu dia a dia.

7 Maio 2014
Atualidade

PUBLICIDADE
MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Telemedicina continua a “criar ondas” na oftalmologia

A pandemia de Covid-19 está a transformar a forma como a medicina é praticada em todo o mundo. Novas alternativas para o modus operandi da prestação de cuidados de saúde tradicionais têm sido escolhidas durante estes tempos incertos.

Ler mais 22 Setembro 2020
AtualidadeOftalmologia

Covid-19: oftalmologistas precisam de vigiar manifestações oculares

No final de março, foi publicado na JAMA Ophthalmology o primeiro relatório sobre 12 casos de conjuntivite em 38 pacientes hospitalizados com Covid-19 na província de Hubei, na China. Essas descobertas foram cruciais para espalhar o alarme sobre uma possível infeção por SARS-CoV-2 através do olho e a necessidade de proteger os profissionais de saúde visual.

Ler mais 16 Setembro 2020
AtualidadeOftalmologia