SPO alerta para a precaução da córnea

Imagem da notícia: SPO alerta para a precaução da córnea

A Sociedade Portuguesa de Oftalmologia alerta a população para o facto de a cegueira provocada por doenças da córnea poder ser reversível, mediante o transplante.

Segundo a mesma instituição, realizam-se em Portugal 700 transplantes de córnea anualmente, nos cinco principais centros especializados.

“A cegueira provocada por patologia da córnea pode ser reversível”, explicou Paulo Torres, o presidente da SPO, “desde que as outras estruturas do olho estejam preservadas. Para tal, recorre-se aos transplantes de córnea, isto é, substituição da córnea do doente ou parte dela por uma córnea total ou por lamelas corneanas provenientes de cadáver”.

De entre as várias doenças que afetam a córnea, em Portugal as que movimentam mais transplantes são a queratocone nos seus estádios mais avançados, as opacidades da córnea originadas por infeções e traumatismos e, ainda, as descompensações celulares corneanas originadas por doença da própria córnea, ou por traumatismo cirúrgico prévio.

Paulo Torres refere também que “não nos podemos esquecer do grande inimigo do transplante de córnea, como em todos os transplantes de órgãos, que é a rejeição. Nas consultas de seguimento, os doentes são avisados dos sinais e sintomas de alerta desta complicação em particular, pelo que o acompanhamento próximo por parte do oftalmologista assistente na fase pós-transplante é fundamental”.

15 Maio 2014
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2021
`

Notícias relacionadas