Investigação portuguesa distinguida internacionalmente

Imagem da notícia: Investigação portuguesa distinguida internacionalmente

Um estudo da Universidade de Coimbra foi capa da revista científica de neuroimagem “Human Brain Mapping”.

A equipa do Instituto Biomédico de Investigação de Luz e Imagem (IBILI) e Instituto de Ciências Nucleares Aplicadas à Saúde (ICNAS), coordenada por Miguel Castelo-Branco e que tem como primeiro autor João Castelhano, investigou a forma como diferentes oscilações no nosso cérebro ajudam o ser humano a processar estímulos visuais ambíguos.

Para tal, os cientistas recorreram às técnicas de imagem multimodal eletroencefalografia e ressonância magnética funcional para, assim, descobrir que pelo menos dois módulos, um no córtex visual e outro na ínsula anterior, estão envolvidos nesta ação.

Saiba mais aqui.

30 Setembro 2014
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Pedro Menéres apresenta candidatura à SPO

Com a experiência de dois mandatos na direção da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) (biénio 2015/2016 e 2021/2022), e exercício anterior como membro do Board de duas sociedades internacionais (ESA e ESCRS), Pedro Menéres apresenta agora a sua candidatura à presidência da SPO para o biénio que se inicia em janeiro de 2025.

Ler mais 16 Julho 2024
Atualidade

AbbVie apoia SEMEAR e doa 100 cabazes à Academia Johnson

A AbbVie realizou, em junho, mais um "Week of Possibilities", o seu programa global de responsabilidade social que consiste em contribuir para as comunidades locais através do voluntariado. Nesta edição, a biofarmacêutica colaborou com o projeto SEMEAR para a doação de 100 cabazes à Academia Johnson.

Ler mais 15 Julho 2024
Atualidade