Os grupos de Oftalmologia estão a “substituir o pequeno consultório individual”

Imagem da notícia: Os grupos de Oftalmologia estão a “substituir o pequeno consultório individual”

Segundo Manuel Castro Neves, coordenador do Departamento de Oftalmologia da CUF Porto (Instituto CUF e Hospital CUF) e chefe executivo da Iberoftal, o futuro da Oftalmologia passa pelos grandes grupos em detrimento dos pequenos consultórios.

“É nesse sentido que caminhamos. Na Oftalmologia, tal como acontece noutras especialidades médicas, este tipo de congregação de oftalmologistas vai, a pouco e pouco, substituir o pequeno consultório individual. As clínicas pequenas, que não forem autossuficientes para fazer todos os exames ou cirurgias, tendem a desaparecer. A tendência é a congregação em grupos fortes, com resposta cabal. As pessoas tendem a procurar sítios onde obtenham todas as soluções. Por outro lado, para se acompanhar a evolução científica e tecnológica, é preciso injetar-se muito capital. Na CUF Porto, temos uma rotatividade enorme em termos de aparelhagem. E uma estrutura pequena não consegue acompanhar esta evolução tão rápida. O nosso grupo, por exemplo, injeta também “novo sangue” todos os anos. Incorporamos mais um ou dois novos oftalmologistas que estão a sair, gente de grande valor. Trata-se de alimentar uma estrutura, um grupo, com novas perspetivas e novas capacidades de raciocíonio, situação que proporciona “frescura” a uma equipa. A atualização deve ser constante e é com gente mais nova que vamos conseguir isso. Em termos de futuro próximo, penso que o Porto deverá albergar apenas duas ou três grandes “casas”, apesar de continuarem a existir algumas pequenas clínicas boutique.”

Leia a entrevista na íntegra na OftalPro 27, aqui.

14 Outubro 2014
Entrevistas

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas