Filhos que seguem as pisadas dos pais

Imagem da notícia: Filhos que seguem as pisadas dos pais

Vivina e Filipe Cabrita e Jaime e Miguel Araújo são duas famílias portugueses nas quais se partilha a paixão comum pela Oftalmologia.

Estamos a falar de profissionais já com provas dadas na área que em atuam, que veem com um orgulho desmedido estampado nos rostos os seus filhos a darem os seus próprios passos numa atividade que é todos os dias um desafio.

Habituados desde pequenos a viverem a profissão dos pais, o “bichinho” foi nascendo e, hoje, mesmo que o tema trabalho não entre em casa, há momentos que se partilham, angústias, experiências, vitórias, alegrias, fracassos.

A isto se chama família. Em Portugal, são muitos os casos de pais e filhos que partilham o mesmo “palco”.

Desde as carreiras ditas tradicionais, como Medicina e Direito, até às mais “alternativas”, como as artes cénicas, a opção é seguir as pisadas dos progenitores, muitas vezes por segurança, outras por paixão.

Em algumas famílias mais conservadoras, é a vontade de preservar a história e a tradição que acaba por ditar o futuro profissional dos seus membros.

Todavia, não é disso que iremos falar. Com os nossos entrevistados, não houve qualquer tipo de imposição, mesmo inconscientemente.

É a vontade de trabalhar com alguém que tem muito a ensinar e que são verdadeiros exemplos enquanto profissionais que motiva o Filipe e o Miguel.

Leia o artigo na íntegra na OftalPro 25, aqui.

9 Dezembro 2014
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Marcelo Rebelo de Sousa nas comemorações da BIAL

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou esta terça-feira (25) o colaborador mais antigo da maior farmacêutica portuguesa. A distinção foi entregue no âmbito das comemorações dos 100 anos do laboratório, no dia em que se realiza a conferência BIAL 100 Years – Shaping the future, na Fundação Serralves (Porto).

Ler mais 25 Junho 2024
Atualidade

Consumo de drogas poderá causar deficiência visual

Gerardo Gleason, especialista mexicano em tecnologia para cirurgias oftalmológicas, alertou que “o consumo de substâncias psicoativas, naturais ou sintéticas, que atuam no sistema nervoso gerando alterações nas funções que regulam pensamentos, emoções e comportamento, aumentam as hipóteses de deficiência visual ou cegueira”, revela a Lusa.

Ler mais 21 Junho 2024
Atualidade

OftalPro completa 15 anos

A revista dirigida aos profissionais da oftalmologia alcança em 2024 o seu 15º aniversário. Nascida em 2009, a OftalPro publicou já 65 edições da sua revista, vincada pela aposta na publicação em papel, sem nunca descurar o contacto mais direto e imediato proporcionado pelas novas tecnologias que avançaram na sociedade desde a sua criação.

Ler mais 20 Junho 2024
Atualidade