TELEYE leva oftalmologia a São Tomé e Príncipe

Imagem da notícia: TELEYE leva oftalmologia a São Tomé e Príncipe

Este projeto português quer dar resposta a casos de doença aguda existentes em São Tomé e Príncipe, país onde não há oftalmologistas.

Portugal introduziu, a 4 de fevereiro, uma ferramenta de diagnóstico pioneira que promete “revolucionar a observação e tratamento” de doenças relacionadas com os olhos.

Trata-se do TELEYE e permite que o doente são-tomense, sem sair do seu país, faça os exames necessários. Ao mesmo tempo, um oftalmologista vai vê-los em tempo real a partir de Lisboa, explicou Paulo Telles de Freitas, presidente do Instituto Marquês de Valle Flôr, a fundação e organização não-governamental para o desenvolvimento que lidera o projeto, em declarações ao jornal Público.

O TELEYE consiste numa ferramenta que agrega os seis equipamentos oftalmológicos: lâmpada de fenda, retinógrafo, auto-refratómetro/queratómetro, tonómetro e câmara de alta definição. O equipamento foi desenvolvido com a PT Inovação e co-financiado pela Cooperação Portuguesa, com o apoio da Direção-Geral da Saúde, da Fundação Calouste Gulbenkian e da Casa Cotta, “uma das empresas mais antigas de equipamentos de oftalmologia, com sede no Porto”, explicou Paulo Telles de Freitas.

5 Fevereiro 2015
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Marcelo Rebelo de Sousa nas comemorações da BIAL

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou esta terça-feira (25) o colaborador mais antigo da maior farmacêutica portuguesa. A distinção foi entregue no âmbito das comemorações dos 100 anos do laboratório, no dia em que se realiza a conferência BIAL 100 Years – Shaping the future, na Fundação Serralves (Porto).

Ler mais 25 Junho 2024
Atualidade

Consumo de drogas poderá causar deficiência visual

Gerardo Gleason, especialista mexicano em tecnologia para cirurgias oftalmológicas, alertou que “o consumo de substâncias psicoativas, naturais ou sintéticas, que atuam no sistema nervoso gerando alterações nas funções que regulam pensamentos, emoções e comportamento, aumentam as hipóteses de deficiência visual ou cegueira”, revela a Lusa.

Ler mais 21 Junho 2024
Atualidade

OftalPro completa 15 anos

A revista dirigida aos profissionais da oftalmologia alcança em 2024 o seu 15º aniversário. Nascida em 2009, a OftalPro publicou já 65 edições da sua revista, vincada pela aposta na publicação em papel, sem nunca descurar o contacto mais direto e imediato proporcionado pelas novas tecnologias que avançaram na sociedade desde a sua criação.

Ler mais 20 Junho 2024
Atualidade