Bengala inovadora para cegos

Imagem da notícia: Bengala inovadora para cegos

A Universidade de Aveiro está a desenvolver uma bengala inovadora para cegos, que utiliza tecnologia de ultrassons para evitar futuros acidentes. Com este método, o equipamento deteta buracos, declives e objetos, “avisando” o utilizador com vibrações no pulso.

O Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática respondeu, segundo o ‘site’, a um “desafio lançado pela Associação Promotora do Ensino dos Cegos (APEC)”, que “quer acabar com as centenas de acidentes sofridos anualmente pela população invisual portuguesa, muitos dos quais com consequências graves, derivados dos obstáculos indetetáveis com uma normal bengala”.

A bengala desenvolvida na Universidade de Aveiro é, “sem qualquer dúvida, uma grande ajuda para as pessoas com deficiência visual porque dá muito mais informação do que as bengalas existentes”, disse Victor Graça, presidente da APEC.

José Vieira, responsável pelo projeto, explicou que o desenvolvimento da bengala objetivou a redução de “duas das principais necessidades de quem as utiliza: a deteção de buracos e desníveis no chão e a deteção de obstáculos ao nível da cabeça”.

Este protótipo incorpora ainda luzes LED, para alertar os restantes circuladores da via pública da presença do cego portador da bengala.

17 Fevereiro 2015
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas