“A oftalmologia foi uma escolha natural”

Imagem da notícia: “A oftalmologia foi uma escolha natural”

Paulo Francisco de Ancede Aires de Sousa Torres nasceu a 12 de novembro de 1962, no Porto.

Licenciou-se em Medicina, na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, no ano de 1986. Entre 1987 e 1988, perfez o internato geral no HSA. Em 1989, ingressou no Serviço de Oftalmologia do mesmo hospital, concluindo o internato da especialidade em 1993. O doutoramento foi realizado entre 1994 e 1998, na Universidade de Amesterdão, na Holanda.

Quando regressou a Portugal, em 1999, entrou diretamente para a Secção de Córnea e Superfície Ocular do Serviço de Oftalmologia do Hospital Santo António. Atualmente, exerce a atividade clínica neste hospital, sendo responsável pela Secção de Córnea do Serviço e diretor do programa de transplante de córnea do CHP, e na sua clínica privada, sediada também na cidade Invicta.

Paulo Torres é ainda professor catedrático convidado de Oftalmologia do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto.

Quando questionado sobre a dedicação à oftalmologia, disse-nos que sempre se viu como oftalmologista. “O meu pai é oftalmologista e, por isso, ouvi falar desta especialidade médica desde pequeno. Senti sempre fascínio pelo trabalho do meu pai, fascínio esse que se tornou mais forte quando aluno da cadeira de Oftalmologia do curso de medicina. Foi por isso uma escolha natural”.

25 Junho 2015
Entrevistas

`

Notícias relacionadas

Porto recebe 1º Encontro Ibérico de Cirurgia de Estrabismo

Nos dias 11 e 12 de outubro, o Porto Pálacio Hotel, na cidade Invicta, recebe o 1º Encontro Ibérico de Cirurgia de Estrabismo. A OftalPro conversou com Jorge Breda, do comité científico do encontro, que fez uma antevisão do evento e deixou o convite à participação dos oftalmologistas.

Ler mais 17 Julho 2024
EntrevistasEventos e Formação

“O objetivo primordial é manter o foco no doente”

Da formação médica à especialização, Tiago Martins Silva aborda o momento mais difícil na sua prática profissional, caracterizando ainda a oftalmologia em Portugal, com o SNS e os seus desafios, as metas pessoais e o que de melhor e pior retira de quase 20 anos de prática clínica.

Ler mais 8 Julho 2024
Entrevistas