“Quisemos juntar o maior número de oftalmologistas possível”

Imagem da notícia: “Quisemos juntar o maior número de oftalmologistas possível”

A Reunião do Grupo Português de Cirurgia Implanto Refrativa de 2015 decorreu no mês de maio em Albufeira e juntou médicos oftalmologistas portugueses e internacionais ao redor de conferências, ‘workshops’ e mesas redondas sobre temas variados.

Falámos com Conceição Lobo, coordenadora deste grupo da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia, para aprofundarmos as razões que levaram à realização de uma reunião conjunta com o Grupo Português de Superfície Ocular e Contactologia e o Grupo Português de Pediatria e Estrabismo.

Segundo esta médica oftalmologista, “a ideia de unir estes grupos esteve essencialmente relacionada com a necessidade de conseguir juntar o maior número de oftalmologistas das várias áreas com interesses comuns em relação a alguns tópicos. Atualmente, existe um número exagerado de reuniões específicas, o que torna a oftalmologia muitas vezes demasiado segmentada e, dado que não nos é possível participar em todas essas reuniões, muitas vezes perdemos contacto com algumas áreas”.

Entrevista completa na próxima edição da OftalPro!

23 Julho 2015
Entrevistas

PUBLICIDADE
|MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Rufino Silva, novo presidente da SPO, em entrevista

Formação científica e educação médica, revisão dos estatutos, defesa do ato médico em oftalmologia e indexação internacional da revista da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO). São estes os principais desafios que Rufino Silva, recém-eleito presidente da SPO, projeta para o próximo biénio.

Ler mais 18 Fevereiro 2021
Entrevistas