IPVC prepara aplicações móveis para invisuais

Em julho serão lançadas no mercado duas aplicações móveis desenvolvidas por alunos do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) que visam auxiliar os invisuais na utilização de transportes públicos.

Os alunos de Engenharia Informática Daniela Mendes, Pedro Martins e André Lima pretendem “melhorar a autonomia das pessoas com deficiência visual na realização de algumas tarefas do quotidiano”, segundo o site oficial do IPVC.

As ferramentas serão testadas durante o próximo mês pelos associados da Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal (ACAPO) – que está associada aos projetos – em ambiente real.

A primeira objetiva ajudar a disponibilizar percursos pelos autocarros no centro histórico de Viana do Castelo, como indicar os locais de paragem, enquanto a segunda demarca pontos de referência para pedestre, no mesmo local, para fins de orientação.

Segundo Francisco Silva, presidente da delegação ACAPO de Viana do Castelo, os projetos “mostram a grande importância do trabalho em rede, aproveitando recursos, e ao mesmo tempo sensibilizando para a inclusão e capacitação das pessoas com deficiência visual, desenvolvendo aplicações em formatos acessíveis e que ajudem o dia-a-dia, que sejam realmente úteis e utilizáveis, não só pelos utilizadores habituais, mas pelos turistas que venham visitar Viana do Castelo”.

Outros projetos podem surgir no futuro no âmbito da parceria ACAPO e Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, com outras unidades curriculares focadas em programação e engenharia de software.

20 Abril 2016
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Boa Páscoa!

A equipa da OftalPro deseja-lhe um uma Páscoa feliz e muito docinha. Que este seja um momento de união e celebração

Ler mais 29 Março 2024
Atualidade

Hoje é o dia da Daniela

Em dia aniversário, resolvemos desafiar a Daniela, jornalista na OftalPro, a mostrar um pouco mais de si. E aproveitamos para lhe desejar um dia maravilhoso!

Ler mais 26 Março 2024
Atualidade