Vão existir mais cegos até 2050 nos EUA

Imagem da notícia: Vão existir mais cegos até 2050 nos EUA

Segundo um estudo recente da Universidade da Carolina do Sul, até 2050 o número de cegos nos EUA vai duplicar.

Embora o mercado oftalmológico norte-americano seja considerado o mais evoluído a nível mundial, os dados da investigação publicada no jornal JAMA Ophthalmology revelam que a degeneração macular da idade, glaucoma, retinopatia diabética e cataratas irão ser doenças cada vez mais frequentes e causadoras de cegueira, principalmente em pacientes com mais de 40 anos. Os investigadores estimam que mais de dois milhões de norte-americanos serão cegos em 2050, como também 6,95 milhões sofrerão de problemas graves de visão na mesma altura.

“Uma educação mais esclarecida e rastreios visuais serão críticos tanto para os mais novos como velhos americanos, mais em particular junto das mulheres e minorias com 40 anos, para prevenir problemas visuais que dramaticamente afetam a qualidade de vida. Quanto mais cedo se conseguir identificar as doenças durante exames anuais aos olhos para obter tratamentos oculares, mais pessoas conseguirão ter vidas prolongadas sem as limitações físicas e desafios emocionais que a perda de visão ou cegueira implicarão”, disse Rohit Varma, líder da investigação no Roski Eye Institute.

 

25 Maio 2016
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Curso de Anatomia e Cirurgia de Órbita decorre em setembro

No próximo dia 23 de setembro realiza-se o curso pós-graduado de Anatomia e Cirurgia de Órbita – Hands-on Cadaver Dissection, na Nova Medical School - Faculdade de Ciências Médicas, em Lisboa. Este curso será organizado numa parceria entre a Unidade de Órbita do Hospital CUF Descobertas e o Departamento de Anatomia da Faculdade de Ciências Médicas da Nova Medical School/Faculty of Medical Sciences.

Ler mais 3 Agosto 2022
AtualidadeEventos e FormaçãoOftalmologia