Primeiro transplante de córnea realizado no CUF Porto Hospital

Imagem da notícia: Primeiro transplante de córnea realizado no CUF Porto Hospital

Foi realizado no final de junho o primeiro transplante de córnea no CUF Porto Hospital, intervenção que ficou a cargo dos cirurgiões Luís Oliveira e Tiago Monteiro, especialistas em Segmento Anterior e Córnea. A cirurgia foi realizada para tratamento de um queratocone avançado, intolerante a lente de contacto semi-rígida.

O queratocone é uma doença de córnea muito frequente, cujo diagnóstico tem aumentado, devido ao maior interesse e procura da cirurgia refrativa da miopia. Alguns doentes com boa visão que procuram cirurgia desconhecem o problema que possuem, outros recorrem ao médico para tratamento da patologia, devido à intolerância progressiva às lentes de contacto.

Nas fases iniciais da doença, a forma da córnea e a visão do doente podem ser melhoradas através de procedimentos menos invasivos como o “crosslinking” corneano ou o implante de segmentos intracorneanos. Nos casos de queratocones mais avançados, em que a córnea adota uma curvatura muito elevada ou se torna pouco transparente, o tratamento definitivo exige a realização de um transplante de córnea.

Atualmente, já se realiza o transplante parcial da córnea, ou seja, apenas a camada superficial da córnea é transplantada, mantendo-se parte da córnea do hospedeiro – “Deep Anterior Lamelar Keratoplasty” (DALK), o que permite uma recuperação funcional mais rápida e segura, com menor probabilidade de rejeição do enxerto.

6 Julho 2016
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Novo confinamento: oftalmologistas podem abrir portas

O Governo já anunciou as medidas do novo confinamento geral para um combate necessário ao avultado número de infetados com Covid-19. Na generalidade, voltam a ser aplicadas as regras do primeiro confinamento, mas com novas exceções. É o caso da oftalmologia.

Ler mais 14 Janeiro 2021
AtualidadeOftalmologia

Mais literacia em saúde com o projeto “A Saúde no Saber”

A Ciência Viva - Agência Nacional de Cultura Científica e Tecnológica, no âmbito do concurso “Comunicar Saúde”, que visa promover a literacia em saúde em Portugal, atribuiu 20 mil euros ao projeto “A Saúde no Saber”, do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) da Universidade de Coimbra (UC).

Ler mais 13 Janeiro 2021
Atualidade