“Comunicar más notícias em oftalmologia não é uma tarefa fácil”

Imagem da notícia: “Comunicar más notícias em oftalmologia não é uma tarefa fácil”

Falámos com alguns médicos oftalmologistas sobre a forma de comunicar más notícias. Hoje temos a opinião de Teresa Painhas.

OftalPro: Quais são as principais dificuldades que sente quando tem de comunicar más notícias a um paciente?

Teresa Painhas: A comunicação é uma ferramenta fundamental para que haja uma boa relação entre o médico e o doente, mas comunicar uma má notícia nunca foi – nem nunca será – uma tarefa fácil. A verdade é que, durante a formação médica, somos preparados para dar boas notícias, comunicar êxitos e sucessos, mas não para as notícias negativas. A sensação de impotência face a uma determinada patologia torna a tarefa do médico ainda mais complicada. Mais uma vez reforço a importância de esclarecer o doente, dar a informação adequada. No entanto, nem sempre é fácil fazer chegar a mensagem de forma empática, simples, realista, mas com sensibilidade para dar tempo de assimilar a situação. A preocupação maior dos pacientes é, muitas vezes, mais sobre o prognóstico e tratamento do que sobre o próprio diagnóstico. Por vezes, é difícil gerir as expectativas e alguns pacientes acreditam que em medicina há sempre mais algum tratamento para além do que já possa ter sido feito. Felizmente a medicina, e particularmente a oftalmologia, estão em constante evolução e o que parece impossível hoje pode mudar de cenário ao longo do tempo.

Entrevista completa na próxima edição!

14 Julho 2016
Entrevistas

PUBLICIDADE
MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Entrevista com Joaquim Mira em formato vídeo

Joaquim Mira, natural de uma aldeia do concelho da Batalha, nunca imaginou que seria médico oftalmologista, mas sempre soube que o seu objetivo era ir longe. Veja aqui parte da sua entrevista em vídeo!

Ler mais 28 Agosto 2020
EntrevistasOftalmologia

A oftalmologia depois da Covid-19

Os impactos da pandemia Covid-19 na oftalmologia e noutras ciências da visão, como a ortóptica, as medidas que os profissionais, clínicas e unidades hospitalares devem tomar para minimizar uma nova crise e os pontos positivos a retirar de toda esta situação foram as questões colocadas pela OftalPro.

Ler mais 1 Julho 2020
EntrevistasOftalmologia