Próxima década “traz” médicos a mais

Imagem da notícia: Próxima década “traz” médicos a mais

O presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), Carlos Cortes, afirmou que na próxima década vai ocorrer uma “inundação” de médicos em Portugal, excesso que vai provocar um “pico” de emigração.

“Hoje verifica-se falta de médicos, mas amanhã vai haver médicos a mais e Portugal não terá capacidade de absorção”, sublinhou o responsável à agência Lusa, a propósito do 19º Congresso Nacional de Medicina e do 10º Congresso do Médico Interno, que decorre em Coimbra.

Segundo Carlos Cortes, neste momento existem 8.000 médicos em formação e 12 mil estudantes de medicina, que é um “número absolutamente gigantesco, que, no futuro, vai trazer problemas”. Há ainda 50 mil médicos a trabalhar, 30 mil dos quais no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

3 Novembro 2016
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas