“O glaucoma é a primeira causa de cegueira não reversível”

Imagem da notícia: “O glaucoma é a primeira causa de cegueira não reversível”

António Figueiredo é coordenador do Grupo Português de Glaucoma da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia e também médico oftalmologista na ALM-Oftalmolaser. Em entrevista, explicou a incidência, causas e fatores de risco do glaucoma, assim como a investigação que se pratica em torno desta doença.

OftalPro: O que é o glaucoma?
António Figueiredo: O glaucoma é uma neuropatia ótica degenerativa, com alterações características quantificáveis do disco ótico, que leva a alterações progressivas e irreversíveis do campo visual.

OF: Qual a sua incidência, causas e fatores de risco?
AF: O glaucoma é a primeira causa de cegueira não reversível a nível mundial, apontando os cálculos para próximo de 80 milhões de doentes a sofrer da doença. A sua incidência varia com a idade e grupos étnicos, mas situa-se entre 1 e 2% da população. Em Portugal, estima-se que existam cerca de 150.000 doentes com glaucoma. No entanto, estudos efetuados nos EUA fazem suspeitar que existam cerca de 50% deste número de doentes não diagnosticados – ou seja, em cada três doentes apenas dois estarão detetados. A principal causa e fator de risco é a hipertensão ocular – tensão ocular elevada, não detetada e não controlada, vai conduzir com o tempo ao aparecimento da doença. Existem outros fatores de risco: a idade e a existência de familiares diretos com glaucoma (existem vários fatores geneticamente transmitidos já identificados), são os mais importantes.

Saiba mais na OftalPro 38.

11 Setembro 2017
Entrevistas

`

Notícias relacionadas

Porto recebe 1º Encontro Ibérico de Cirurgia de Estrabismo

Nos dias 11 e 12 de outubro, o Porto Pálacio Hotel, na cidade Invicta, recebe o 1º Encontro Ibérico de Cirurgia de Estrabismo. A OftalPro conversou com Jorge Breda, do comité científico do encontro, que fez uma antevisão do evento e deixou o convite à participação dos oftalmologistas.

Ler mais 17 Julho 2024
EntrevistasEventos e Formação

“O objetivo primordial é manter o foco no doente”

Da formação médica à especialização, Tiago Martins Silva aborda o momento mais difícil na sua prática profissional, caracterizando ainda a oftalmologia em Portugal, com o SNS e os seus desafios, as metas pessoais e o que de melhor e pior retira de quase 20 anos de prática clínica.

Ler mais 8 Julho 2024
Entrevistas