Fraunhofer Portugal AICOS tem nova diretora

Imagem da notícia: Fraunhofer Portugal AICOS tem nova diretora

A associação Fraunhofer Portugal AICOS recebeu a 7 de setembro a sua nova diretora. Liliana Ferreira é portuguesa, tem 37 anos e revela provas dadas de profissionalismo. A investigadora é professora na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

A nova diretora é já um rosto conhecido do Fraunhofer Portugal AICOS, onde trabalhou ao longo de cinco anos. Liliana Ferreira desempenhou funções de presidente do Conselho Científico da Fraunhofer Portugal, bem como de investigadora sénior no Fraunhofer Portugal AICOS até 2016, altura em que assumiu o cargo de investigadora sénior de Informática para a Cardiologia na Philips Research, em Eindhoven (Holanda). Até então, Liliana Ferreira investigou em várias organizações, como a IBM Research & Development (em Böblingen, Alemanha), o Instituto de Engenharia Eletrónica e Telemática de Aveiro, o Ubiquitous Knowledge Lab da Universidade Técnica de Darmstadt e a Universidade de Tübingen.

A Fraunhofer Portugal tem como missão promover a investigação aplicada com o intuito de fomentar o desenvolvimento económico e, simultaneamente dar resposta a um conjunto de necessidades da população. Já o Fraunhofer Portugal AICOS (Research Center for Assistive Information and Communication Solutions) é o primeiro centro de investigação da Fraunhofer em Portugal e resulta de uma parceria estratégica entre a Fraunhofer-Gesellschaft e a Universidade do Porto. A investigação desenvolvida no Fraunhofer Portugal AICOS é direcionada para dois grupos de utilizadores prioritários: os idosos e as populações de países em desenvolvimento, e tem como intuito criar soluções tecnológicas inovadoras e intuitivas e facilitar o acesso às Tecnologias de Informação e Comunicação.

18 Setembro 2017
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2021
`

Notícias relacionadas