Luz azul dos dispositivos digitais prejudica sono

Imagem da notícia: Luz azul dos dispositivos digitais prejudica sono

“A luz azul emitida pelos dispositivos eletrónicos aumenta os problemas relacionados com o sono ao inibir a produção de melatonina”, indicou um estudo publicado na revista Ophthalmic & Physiological Optics.

Uma equipa de investigadores da Universidade de Houston, nos Estados Unidos, recrutou 22 indivíduos, com idades entre os 17 e os 42 anos, e pediu-lhes que usassem óculos de bloqueio de ondas de comprimento curto, três horas antes de dormirem, durante duas semanas. Esses óculos anulavam os efeitos nefastos da luz azul artificial dos aparelhos. Os indivíduos usaram igualmente monitores de atividade do sono e foi-lhes pedido que mantivessem as suas rotinas normais durante o dia e noite, nomeadamente na utilização dos gadgets.

No final do estudo, os cientistas verificaram nos participantes um aumento de 58% nos níveis noturnos de melatonina, a hormona que regula e induz o sono. O aumento verificado foi ainda maior do que o oferecido pelos suplementos farmacológicos compostos por melatonina. Os participantes relataram também que tinham adormecido com mais rapidez e com menos interrupções. Em média, a duração do sono aumentou cerca de 24 minutos por noite por voluntário.

De acordo com o portal Sapo Lifestyle, “é importante destacar que a luz azul à noite realmente diminui a qualidade do sono. O sono é muito importante para a regeneração de muitas funções do nosso organismo”, comentou Lisa Ostrin, principal autora da investigação.

Saiba mais aqui.

26 Fevereiro 2018
Oftalmologia

PUBLICIDADE
Mido 2020
`

Notícias relacionadas

SPO cria “cheque-visão” para dar resposta a falhas no SNS

Apresentado como a solução para as longas listas de espera da especialidade, a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) decidiu formar uma rede de consultórios em todo o país para utentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS), seja através de convenção ou ainda de uma espécie de “cheque-visão”.

Ler mais 20 Novembro 2019
Oftalmologia

RetmarkerAMD referenciado pelo jornal Eye

A Critical Software anuncia a mais recente validação do RetmarkerAMD, publicada no jornal Eye. O Eye é publicado pela prestigiada Springer Nature e é a publicação oficial do Colégio de Oftalmologistas (RCO) do Reino Unido.

Ler mais 19 Novembro 2019
Oftalmologia

Alcon desenvolveu estudo “More to See”

O estudo da Alcon “More to See”revela que a maior parte das pessoas com mais de 60 anos desconhece em que consiste a doença das cataratas e a sua relação direta com a idade.

Ler mais 15 Novembro 2019
Oftalmologia