Cunha-Vaz distinguido com Medalha de Ouro da Sociedade Espanhola de Retina e Vítreo

Imagem da notícia: Cunha-Vaz distinguido com Medalha de Ouro da Sociedade Espanhola de Retina e Vítreo

José Cunha-Vaz irá ser distinguido, dia 3 de março, em Santander, Espanha, com a Medalha de Ouro da Sociedade Espanhola da Retina e Vítreo. Trata-se da distinção de maior relevância na área das doenças da retina e vítreo outorgado pelo país vizinho. A cerimónia irá terá lugar durante o XXII Congresso da Sociedade Espanhola da Retina e Vítreo.

Esta distinção é o reconhecimento da carreira científica e da atividade de investigação clínica de José Cunha-Vaz, patente nas suas inovadoras contribuições, que ao longo dos anos muito têm contribuído para o conhecimento e tratamento das doenças da retina, e mais particularmente da retinopatia diabética, uma das principais causas de cegueira tal como a degenerescência macular relacionada com a idade.

“É com grande satisfação e honra que recebo esta distinção. A Medalha de Ouro da Sociedade Espanhola da Retina e Vítreo é o reconhecimento do valor do trabalho que venho desenvolvendo ao longo da minha carreira, e dos inúmeros contributos para a inovação no campo da ciência e da medicina da retina que com ele alcancei, e testemunha além do mais a qualidade da investigação científica que se faz em Portugal”, afirma José Cunha-Vaz, professor emérito de Oftalmologia na Universidade de Coimbra e presidente da AIBILI – Associação para Investigação Biomédica e Inovação em Luz e Imagem.

2 Março 2018
Oftalmologia

`

Notícias relacionadas

Olhos vermelhos e bandeiras vermelhas

Olhos vermelhos e bandeiras vermelhas: A importância do exame oftalmológico no diagnóstico e orientação - artigo da autoria de J. Salgado-Borges. MD, PhD, FEBO - Diretor Clínico da Clinsborges, Embaixador em Portugal do TFOS (Tear Film & Ocular Surface Society) e Membro da EUDES (European Dry Eye Society).

Ler mais 3 Abril 2024
Oftalmologia