Moutinho Ópticas: 63 anos a bem servir

Imagem da notícia: Moutinho Ópticas: 63 anos a bem servir

OF: Com 63 anos de prestígio das Ópticas Moutinho, de que mais se orgulha?

José Magalhães: Do percurso da nossa casa. Sempre fomos pessoas que trabalhámos com o sentido, não de ganhar riqueza, mas, de servir bem. Claro que o fator comercial está sempre presente, mas o nosso fundamento é ganhar e servir o melhor possível.

O nosso cliente é a base fundamental e tem que ser muito bem servido, muito bem acompanhado. Tanto que, mesmo passados tantos anos, nunca tivemos reclamações.

Recebemos muitos elogios e recomendações pelo Facebook de pessoas que dizem: “Oh! Quando precisar de óculos têm que ir ao Moutinho!” – continuamos a ser uma casa espetacular.

Acaba por ser uma forma de estar: servir bem e ir ao encontro das necessidades e possibilidades do cliente. As pessoas só pagam em função daquilo que levam. Se levam qualidade pagam qualidade, se a bolsa não é tão grande também servimos à medida.

Só trabalhamos com bons laboratórios, como o caso da Essilor ou da Zeiss, que têm coisas muito boas a preço topo de gama! As pessoas vão bem servidas, sempre.

Conheça a entrevista completa na OftalPro 42.

Subscreva a sua assinatura aqui.

25 Setembro 2018
Entrevistas

`

Notícias relacionadas

“Envolvam-se nos projetos da SPO Jovem”

A nova equipa da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) Jovem é composta por 10 elementos, de vários pontos do país, sob a coordenação de João Barbosa Breda. Em entrevista, o jovem médico oftalmologista disse-nos quais são as ambições para este mandato.

Ler mais 25 Março 2019
Entrevistas

“Queremos ser parceiros dos oftalmologistas”

Com a fusão entre os grupos Palex e Taper em agosto de 2017, a Lusopalex, empresa do Grupo Palex em Portugal, assumiu uma estratégia consolidada no mercado nacional, com a incorporação de novas áreas, nomeadamente a oftalmologia. Para o diretor-geral da empresa, José Marcelino Marques, o objetivo agora é assegurar a sustentabilidade da operação.

Ler mais 18 Janeiro 2019
EntrevistasOftalmologia