“É hora de definir em que consiste um ato médico em saúde e um ato técnico”

Imagem da notícia: “É hora de definir em que consiste um ato médico em saúde e um ato técnico”

A Lista SPO de Todos – com Olhos no Futuro considera que “é hora de todos os oftalmologistas estarem unidos e de se definir, com muito clareza, em que consiste realmente um ato médico em saúde e um ato técnico”.

O alerta é dado por José Salgado Borges de  que o PAN demonstrou sensibilidade para os argumentos dos oftalmologistas e dos técnicos de ortóptica, “o que nos leva a realçar a importância do nosso projeto de lobby junto das entidades regulamentadoras, que há muito se deveria ter iniciado”.

Não sendo esta “uma batalha ganha”, o PAN apenas substitui o seu projeto pela proposta de se “fazer um levantamento do número de profissionais no SNS”.  Por outro lado, continua a defender que, tal como os técnicos de saúde, os optometristas devem ser isentos de IVA. Veja a proposta aqui.

O PCP mantém o seu projeto de regulamentar os optometristas para proceder à sua inclusão nos cuidados de saúde primários. Consulte-o aqui.

No passado dia 21 de novembro, na sessão da Ordem dos Médicos, com o PCP, PS e BE, “falamos com a deputada do PCP, que estando envolvida neste processo, desconhecia que os optometristas não são atualmente reconhecidos como tendo formação na área da saúde”.

José Salgado Borges reitera: “Caros colegas temos de ser mais interventivos a defender as nossas posições! Sobre este tema, que marca a atualidade, a nossa posição é bem clara desde o início”:

“O oftalmologista, como único profissional responsável pela identificação das patologias oculares e seu tratamento médico e cirúrgico, tem de ser o motor e o coordenador de toda uma verdadeira estratégia na saúde da visão”.

Finaliza: “Aconselho que deixemos de parte estes temas secundários, que visam unicamente distrair as atenções dos mais incautos, e colocar de parte os assuntos que realmente interessam discutir”.

Não dispense da leitura do comunicado na íntegra da Lista SPO de Todos – com Olhos no Futuro. Encontre-o aqui.

26 Novembro 2018
Oftalmologia

PUBLICIDADE
Mido 2020
`

Notícias relacionadas

Alcon desenvolveu estudo “More to See”

O estudo da Alcon “More to See”revela que a maior parte das pessoas com mais de 60 anos desconhece em que consiste a doença das cataratas e a sua relação direta com a idade.

Ler mais 15 Novembro 2019
Oftalmologia

Exigências visuais e fadiga visual em médicos oftalmologistas

As exigências visuais, designadamente da visão ao perto, são cada vez mais frequentes no mundo do trabalho, podendo causar fadiga visual ou astenopia. Os médicos oftalmologistas exercem atividades que exigem esforço visual, o que determina o interesse no seu estudo pela saúde ocupacional.

Ler mais 14 Novembro 2019
Oftalmologia