“Os optometristas devem ser regulados, mas não podem aspirar a ser médicos”

Imagem da notícia: “Os optometristas devem ser regulados, mas não podem aspirar a ser médicos”

Augusto Magalhães e Manuel Monteiro Grillo prestaram-nos os seus depoimentos acerca das últimas pressões mediáticas que se têm disputado entre os optometristas e os médicos oftalmologistas. Estes dois médicos oftalmologistas defendem que “os optometristas devem ser regulados, mas não podem aspirar a ser médicos e muito menos médicos especialistas”.

OftalPro: Será esta uma “batalha” desnecessária entre os médicos oftalmologistas e os optometristas? 

Não há uma batalha. Os oftalmologistas defendem a qualidade e a responsabilidade. Em Portugal existem 2,13 oftalmologistas por 20.000 habitantes e o rácio recomendado internacionalmente é de 1 por 20.000. Faltam oftalmologistas apenas no SNS porque as políticas dos últimos governos têm empurrado os médicos para fora do sistema. Há que reformular políticas de forma a melhorar a motivação dos médicos para integrarem as carreiras públicas. Entendemos que os optometristas devem ser regulados, mas não podem aspirar a ser médicos e muito menos médicos especialistas.

OF: Quem poderia legislar uma cooperação entre estes profissionais?

A legislação é da responsabilidade da tutela. Em todo o caso, devem ser ouvidos os representantes de todos os grupos profissionais habilitados a exercer atos médicos e atos de saúde na área dos cuidados de saúde visuais. Assim, devem ser ouvidos a Ordem dos Médicos, nomeadamente através do Colégio de Especialidade, a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia e a Associação de Ortoptistas de Portugal.

Entrevista completa na OftalPro 43.

23 Janeiro 2019
Oftalmologia

PUBLICIDADE
Mido 2019
`

Notícias relacionadas

A visão na infância

No artigo da ortoptista Nadine Carvalho Gonçalves, que será publicado na próxima edição da OftalPro, atentamos para alguns dos problemas oculares mais comuns na infância.

Ler mais 15 Fevereiro 2019
Oftalmologia

Colírio que “derrete” cataratas nos olhos?

Uma equipa de cientistas norte-americanos descobriu que o Lanosterol, um esteroide sintetizado pelo organismo, ou seja, que é produzido naturalmente, é capaz de derreter cataratas e impedir o seu desenvolvimento quando administrado regularmente pelos pacientes por meio de um colírio desenvolvido.

Ler mais 6 Fevereiro 2019
Oftalmologia