Só um quarto dos médicos consegue conciliar carreira com família

Imagem da notícia: Só um quarto dos médicos consegue conciliar carreira com família

Segundo avança o portal Tempo Medicina Online, a grande maioria dos médicos que trabalha no Serviço Nacional de Saúde (SNS) não consegue conciliar o trabalho com a vida familiar. A percentagem desce para os 40% no caso dos clínicos que trabalham no setor privado, segundo um estudo publicado na Acta Médica Portuguesa, a revista científica da Ordem dos Médicos.

“Conciliação Trabalho-Família na Profissão Médica: Um Estudo Exploratório” é o título do trabalho liderado pelo psiquiatra Pedro Afonso, que reuniu uma amostra de 181 médicos sócios da Associação dos Médicos Católicos Portugueses.

A investigação revelou que “mais de metade dos inquiridos (56%) tinha uma carga horária superior à que considera danosa à sua conciliação trabalho-família, sendo que a grande maioria trabalhava no limite ou em excesso de carga horária”.

E, no seu caso, consegue conciliar o trabalho com a vida familiar?

31 Maio 2019
AtualidadeOftalmologia

`

Notícias relacionadas

Pedro Menéres apresenta candidatura à SPO

Com a experiência de dois mandatos na direção da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) (biénio 2015/2016 e 2021/2022), e exercício anterior como membro do Board de duas sociedades internacionais (ESA e ESCRS), Pedro Menéres apresenta agora a sua candidatura à presidência da SPO para o biénio que se inicia em janeiro de 2025.

Ler mais 16 Julho 2024
Atualidade

AbbVie apoia SEMEAR e doa 100 cabazes à Academia Johnson

A AbbVie realizou, em junho, mais um "Week of Possibilities", o seu programa global de responsabilidade social que consiste em contribuir para as comunidades locais através do voluntariado. Nesta edição, a biofarmacêutica colaborou com o projeto SEMEAR para a doação de 100 cabazes à Academia Johnson.

Ler mais 15 Julho 2024
Atualidade