Artigo divulgado pela OftalPro sob escrutínio do Polígrafo

Imagem da notícia: Artigo divulgado pela OftalPro sob escrutínio do Polígrafo

A publicação em causa – denunciada como fake news por vários utilizadores do Facebook – baseia-se num artigo da página “Notícias de Israel”, no qual se informa que a retina artificial está a ser desenvolvida por Yael Hanein, diretora do Centro de Nanociência, Nanotecnologia e Nanomedicina na Universidade de Tel Aviv, e que “o objetivo da visão computacional é na realidade substituir estes fotorreceptores destruídos por um dispositivo que imita o sistema natural que percebe a informação visual, capaz de transferir sinais elétricos ao cérebro”. Mas será verdade?

Sim. O Polígrafo contactou a investigadora que lidera o projeto para perceber em que consiste esta nova tecnologia e em que fase se encontra. “Estamos a trabalhar nesta tecnologia há mais de 10 anos e agora estamos à procura, através de colaborações, dos melhores materiais para estimular a retina de forma mais eficaz”, respondeu Yael Hanein por e-mail, referindo-se a uma parceria recentemente estabelecida com a Universidade de Linking, na Suécia.

Saiba mais aqui.

11 Dezembro 2019
Oftalmologia

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas

Oftalmologista Rita Gama premiada no WSPOS

Rita Gama, coordenadora da equipa da oftalmologia pediátrica do Hospital da Luz Lisboa, foi premiada com o Best Free Paper Award do congresso da World Society of Paediatric Ophthalmology and Strabismus (WSPOS), que decorreu nos dias 25 e 26 de setembro em formato virtual.

Ler mais 21 Outubro 2021
Oftalmologia