Profissionais de saúde de Coimbra pedem ajuda

Imagem da notícia: Profissionais de saúde de Coimbra pedem ajuda

De acordo com a Ordem dos Médicos (OM), o número de casos de infeção pelo novo coronavírus, conhecidos até ao momento, pelo menos 20% são já em médicos. E um número não divulgado, mas seguramente elevado, atinge outros profissionais de saúde. O Bastonário da OM adiantou que têm chegado vários relatos de escassez ou inexistência de equipamentos de proteção individual e apelou a todas as entidades que ajudem a colmatar os problemas de stock que existem a este nível nos hospitais. No mesmo sentido, a Ordem dos Enfermeiros também denunciou a flagrante falta de material para a defesa pessoal dos seus profissionais de saúde.

Em Coimbra, os profissionais de saúde do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra lançaram um apelo à comunidade para reforçar os materiais de proteção, necessários no combate à Covid-19. “Se tiverem contactos de empresas que possam ajudar a comprar ou fabricar, com a maior brevidade possível, fatos impermeáveis, máscaras FFP2, viseiras e óculos estanques, entrem em contacto para apoio.covid@chuc.min-saude.pt“.

Saiba mais aqui.

26 Março 2020
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Marca José de Mello Saúde dá lugar à marca CUF

A festejar 75 anos de vida, a José de Mello Saúde inicia um novo capítulo na sua história. A partir de agora, a empresa passa a designar-se CUF, tornando-se assim numa marca única para a atividade de prestação de cuidados de saúde.

Ler mais 13 Julho 2020
Atualidade