“Acompanhei de perto a evolução internacional da cirurgia da catarata”

Imagem da notícia: “Acompanhei de perto a evolução internacional da cirurgia da catarata”

Joaquim Mira dedica-se essencialmente à cirurgia refrativa e da catarata. Em entrevista à OftalPro, explicou-nos as razões para tal opção.

“Achei sempre a área do segmento anterior do olho com grandes possibilidades de inovação e assim foi. Até aos anos 90, a cirurgia da catarata era efetuada pela técnica intracapsular sem implante de lente intraocular (LIO), tendo evoluído para diferentes técnicas de extração da catarata pelo método extracapsular com implante nos primeiros anos de LIOs não dobráveis. A partir de 1992, acompanhei a evolução internacional da cirurgia da catarata para a facoemulsificação, tendo sido dos primeiros oftalmologistas em Portugal a adotar esta técnica cirúrgica”.

O médico oftalmologista acrescentou que “até ao início da década de 90, toda a cirurgia da catarata era efetuada em regime de internamento. Em meados da década de 90, como responsável pelo Setor da Cirurgia Refrativa no Serviço de Oftalmologia dos HUC, iniciei a cirurgia da catarata em regime ambulatório. Apoiado pelo Professor Doutor Cunha Vaz, durante os quase 30 anos que trabalhei no Serviço de Oftalmologia dos HUC, passava quatro dias da semana no bloco operatório operando e treinando os internos na técnica de faco, resolvendo casos complicados de cirurgia da catarata ou traumatologia do segmento anterior. No início da minha carreira implantei LIOs não dobráveis, posteriormente surgiu toda evolução de LIOs dobráveis monofocais, depois multifocais e tóricas, tendo participado em diferentes trabalhos clínicos. Iniciámos também nos HUC o implante de diferentes LIOs para correção de altas ametropias. Na cirurgia do glaucoma dei início, com bons resultados, às técnicas de viscocanalostomia e realizei a cirurgia de faco e glaucoma no mesmo ato cirúrgico”.

Joaquim Mira afirmou ainda que “no final da década de 90 surgiu a técnica de correção da miopia por Excimer Laser, tendo esta técnica sido iniciada nos HUC. Em 2000 criei em Coimbra o meu próprio centro cirúrgico privado, onde iniciei a correção cirúrgica das baixas e médias ametropias por Excimer Laser tendo operado até ao presente mais de 7.000 olhos. De todas as cirurgias que realizei no segmento anterior do olho nos HUC, assim como em várias clínicas privadas, a cirurgia da catarata foi a mais frequente, tendo realizado mais de meia centena de milhar destas cirurgias. O implante de lentes multifocais e tóricas foi muitas vezes uma opção, tendo implantado com sucesso vários milhares destas lentes”.

Entrevista completa na OftalPro 48.

16 Abril 2020
Entrevistas

PUBLICIDADE
MIDO 2021
`

Notícias relacionadas

Entrevista com Joaquim Mira em formato vídeo

Joaquim Mira, natural de uma aldeia do concelho da Batalha, nunca imaginou que seria médico oftalmologista, mas sempre soube que o seu objetivo era ir longe. Veja aqui parte da sua entrevista em vídeo!

Ler mais 28 Agosto 2020
EntrevistasOftalmologia

A oftalmologia depois da Covid-19

Os impactos da pandemia Covid-19 na oftalmologia e noutras ciências da visão, como a ortóptica, as medidas que os profissionais, clínicas e unidades hospitalares devem tomar para minimizar uma nova crise e os pontos positivos a retirar de toda esta situação foram as questões colocadas pela OftalPro.

Ler mais 1 Julho 2020
EntrevistasOftalmologia