Florindo Esperancinha: Covid-19 e o impacto na oftalmologia

Imagem da notícia: Florindo Esperancinha: Covid-19 e o impacto na oftalmologia

O médico oftalmologista Florindo Esperancinha partilha com a OftalPro quais são os impactos da pandemia Covid-19 no ramo da oftalmologia. “O maior impacto da pandemia tem a ver com os olhos serem porta de entrada para a infeção, o que obriga os profissionais a terem de criar condições na consulta que protejam da transmissão quer para o doente quer para o médico”.

Acrescenta que, neste sentido, “o médico tem que usar máscara, óculos protetores, luvas de acrílico e pelo menos uma bata impermeável durante a consulta e um fato de bloco em médicos de risco (mais de 60 anos) justifica-se; a lâmpada de fenda deve ter um protetor específico que proteja do contacto com a respiração do doente; entre um doente e outro deve ser feita a desinfeção de todo o equipamento, incluindo os sistemas informáticos e os telemóveis; a sala deve ter uma janela que permita o arejamento da mesma; a necessidade de fundoscopia deve ser feita preferencialmente com o binocular indireto; a medição da pressão intraocular só se deve fazer com pontas descartáveis na aplanação e nunca com o tonómetro de sopro”.

O médico oftalmologista diz ainda que “a conjuntivite por Covid-19 é clinicamente a manifestação ocular mais evidente e deve ser sempre enquadrada com outro tipo de sintomatologia, como a perda de olfato e alterações gustativas, chegando à abolição das mesmas numa fase inicial da doença; a presença de febre, dores musculares, tosse seca e dispneia são outros sintomas enquadradores”.

Opinião completa em breve.

5 Maio 2020
Oftalmologia

`

Notícias relacionadas

UOC reforça corpo clínico e responde à crise pandémica

A UOC - Unidade de Oftalmologia de Coimbra reforçou o corpo clínico e implementou um protocolo próprio de resposta à crise pandémica, complementando assim as normas da DGS, no sentido de assegurar os melhores níveis de prevenção, qualidade de serviço, segurança e confiança para os seus doentes.

Ler mais 6 Julho 2020
Oftalmologia

Impressão 3D é “trunfo” contra a pandemia de Covid-19

Rapidez, baixo custo e personalização – são estas as palavras-chave que caracterizam o fabrico aditivo, também conhecido por impressão 3D. A tecnologia já era uma mais-valia para a indústria, ao acelerar o desenvolvimento de produtos reduzindo o time-to-market, e revela-se agora um importante trunfo no combate à Covid-19.

Ler mais 3 Julho 2020
Oftalmologia