Especialistas apelam à retoma da vigilância oftalmológica

Imagem da notícia: Especialistas apelam à retoma da vigilância oftalmológica

O diagnóstico correto, o tratamento e o acompanhamento são premissas essenciais para travar a progressão das doenças oftalmológicas que causam a perda de visão, contudo, de acordo com o estudo Insights from EUROCOVCAT group, a situação atual levou a alterações substanciais no acesso aos cuidados oftalmológicos e foi demonstrado que qualquer atraso ou suspensão de procedimentos oftalmológicos essenciais pode causar uma deterioração significativa e rápida da visão.

Com a chegada da nova normalidade, recuperámos, de certa forma, a rotina a que estávamos habituados: regresso ao escritório, regresso à escola ou visitas às famílias. Mas estas rotinas não são a única coisa que temos de recuperar. Os especialistas reforçam a importância de retomar as consultas de acompanhamento e tratamentos oftalmológicos, bem como de manter cuidados de saúde ocular adequados para evitar que a incorporação de novos hábitos de vida, tais como a normalização do teletrabalho, a educação online ou uma maior utilização da tecnologia para atividades quotidianas, tenham efeitos negativos na nossa visão.

Ana Isabel Gómez, country manager da Alcon Iberia, assegura que “nos últimos meses, a nossa saúde ocular foi prejudicada porque a visão humana foi concebida para ver em espaços abertos, e a necessidade de adaptação a curtas distâncias durante um longo período de tempo causa fadiga e stress visual”. Por esta razão, lembra-nos que “se aprendemos alguma coisa com a situação atual, é que não devemos negligenciar as visitas ao oftalmologista porque a nossa saúde ocular pode sofrer. De facto, a monitorização e manutenção contínua dos tratamentos será o melhor trunfo para os nossos olhos”.

Por esse motivo, e como parte do Dia Mundial da Visão, celebrado a 8 de outubro, a Alcon ofereceu uma série de dicas e hábitos saudáveis para proteger a saúde visual:

1.     Utilizar gotas lubrificantes que mantenham a humidade ocular.

2.     Fazer pelo menos um exame oftalmológico por ano, especialmente se houver um historial familiar de doença ocular.

3.     Contactar o centro de cuidados médicos por telefone para que as visitas possam ser organizadas em segurança e para avançar com os processos por telemedicina.

4.     Lembre-se de ir ao seu optometrista com uma marcação prévia para uma correta revisão e graduação ocular.

5.     O aquecimento aumenta a secura do ambiente e aumenta a evaporação das lágrimas. Os humidificadores são recomendados para utilização no local de trabalho ou em casa.

6.     Boa iluminação: Iluminar espaços 50% abaixo do nível de brilho do ecrã do computador, para além de utilizar ecrãs de qualidade, ajustando o tamanho da fonte e o brilho.

7.     Postura adequada: manter a distância suficiente quando se trabalha com o computador e outros dispositivos de visualização.

8.     A regra 20-20-20: recomenda-se que tiremos os olhos a cada 20 minutos e nos concentremos durante 20 segundos num objeto que esteja a cerca de 6 metros (20 feet) de distância e que olhemos durante o mesmo período de tempo para algo que esteja por perto.

9.     Dieta equilibrada: Nutrientes como os Ómega 3, Zinco, vitaminas A e B12, são benéficos para a manutenção de uma visão normal.  Antioxidantes como o Cobre ou o Zinco têm uma importante capacidade de proteger as células contra as oxidações indesejáveis. É essencial beber pelo menos 2 litros de água por dia para manter uma boa hidratação.

10.   Os utilizadores de lentes de contacto devem continuar a usar lentes de contacto com segurança, praticando bons hábitos de higiene, tais como lavar sempre as mãos com água e sabão antes de manusear as suas lentes.

11.   Existem lentes concebidas com materiais específicos para manter a hidratação ocular, que ajudam a manter o conforto ao longo do dia e uma visão clara, e podem ajudar a evitar a exposição dos olhos secos aos ecrãs.

9 Outubro 2020
Oftalmologia

`

Notícias relacionadas

Córnea sintética ajuda cego a voltar a ver

Um homem de 78 anos estava dado como legalmente cego e recuperou a visão, sendo capaz de reconhecer familiares e ver números num quadro. O feito só foi possível devido ao implante da córnea sintética desenvolvida pela CorNeat que pode ser colocado diretamente no olho para substituir córneas danificadas, sem necessidade de tecido humano.

Ler mais 21 Janeiro 2021
Oftalmologia

Já conhece a nova equipa da SPO Jovem?

Fique a conhecer os rostos da nova equipa da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) Jovem. "Aceitamos com motivação o desafio de continuar a relação de proximidade, criada nos anos anteriores, entre internos, jovens especialistas e todos os oftalmologistas portugueses", afirmam.

Ler mais 18 Janeiro 2021
Oftalmologia