Optician Sans, um tipo de letra baseado em optótipos

Imagem da notícia: Optician Sans, um tipo de letra baseado em optótipos

O Optician Sans é um tipo de letra desenvolvido com base nos princípios visuais do gráfico LogMAR, usado por oftalmologistas e optometristas para determinar a acuidade visual.

Tudo começou como um projeto de rebranding da ótica norueguesa Optiker-K. A agência de publicidade ANTI Hamar teve em consideração os primeiros desenhos desenvolvidos pelo oftalmologista holandês Hermann Snellen em 1862, que criou a tabela de Snellen com 10 letras. Em 1959, esses carateres foram renovados pela oftalmologista americana Louise Sloan, que excluiu as serifas, e posteriormente o design evoluiu para o gráfico de LogMAR, desenvolvido em 1976 no National Vision Research Institute na Austrália e usado atualmente por profissionais da área da visão em todo o mundo.

A ANTI Hamar pretendia usar os designs de Sloan, mas existiam apenas 10 letras como base – e apenas uma vogal. Projetaram então um alfabeto inteiro, com carateres e números especiais, inspirados no design original da grade 5 x 5 de Snellen.

6 Novembro 2020
Atualidade

`

Notícias relacionadas

Novo confinamento: oftalmologistas podem abrir portas

O Governo já anunciou as medidas do novo confinamento geral para um combate necessário ao avultado número de infetados com Covid-19. Na generalidade, voltam a ser aplicadas as regras do primeiro confinamento, mas com novas exceções. É o caso da oftalmologia.

Ler mais 14 Janeiro 2021
AtualidadeOftalmologia

Mais literacia em saúde com o projeto “A Saúde no Saber”

A Ciência Viva - Agência Nacional de Cultura Científica e Tecnológica, no âmbito do concurso “Comunicar Saúde”, que visa promover a literacia em saúde em Portugal, atribuiu 20 mil euros ao projeto “A Saúde no Saber”, do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) da Universidade de Coimbra (UC).

Ler mais 13 Janeiro 2021
Atualidade

Dezembro em números

Fique a conhecer as cinco notícias mais lidas no nosso site durante o mês de dezembro de 2020.

Ler mais 4 Janeiro 2021
Atualidade