VI Seminário de Saúde da GS1 Portugal: novo normal – da concorrência à cooperação

Imagem da notícia: VI Seminário de Saúde da GS1 Portugal: novo normal – da concorrência à cooperação

A GS1 Portugal promoveu a sexta edição do Seminário de Saúde, este ano em formato híbrido, sob o mote “Ecossistemas de Saúde: Lições & Desafios”. A sessão, transmitida nos canais digitais da organização, contou com a moderação da jornalista Fernanda Freitas.

No primeiro painel foram oradores Fátima Ventura, Avaliadora de Qualidade do INFARMED; Carlos Dias, Coordenador do Departamento de Epidemiologia do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA); Joaquim Cunha, Executive Director da Health Cluster Portugal e Pedro Simas, Group Leader do Instituto de Medicina Molecular (IMM). Já na segunda parte da sessão, Fernanda Freitas esteve à conversa com João Marques Gomes, Chair da NOVAhealth; Nuno Loureiro, Diretor de Supply Chain do Centro Hospitalar Lisboa Norte e Pedro Lima, Supply Chain & Operations Director do Grupo Luz Saúde.

A primeira intervenção no Seminário ficou a cargo de Ulrike Kreysa, Senior Vice President da GS1 Healthcare, que destacou a importância da digitalização na cadeia de abastecimento para uma maior eficiência na prestação de cuidados de saúde. Ulrike Kreyse destacou a “relevância que as cadeias de abastecimento assumem atualmente na sociedade e como, globalmente, estamos dependentes da respetiva eficiência”. Segundo a Senior Vice Presidente da GS1 Healthcare, a prioridade passa por assegurar que todos os cidadãos consigam ter acesso a vacinas e medicamentos seguros e preparar a cadeia de abastecimento para eventuais falsificações. Ulrike Kreysa realçou ainda que a pandemia fez também evoluir uma série de áreas de forma mais rápida do que o previsto, nomeadamente, o recurso a teleconsultas, a importância da qualidade de dados e a otimização de processos que contribuem para um futuro melhor e mais seguro.

A sessão poderá ser revista neste link.

12 Novembro 2020
Eventos e Formação

`