Novo confinamento: oftalmologistas podem abrir portas

Imagem da notícia: Novo confinamento: oftalmologistas podem abrir portas

O Governo já anunciou as medidas do novo confinamento geral para um combate necessário ao avultado número de infetados com Covid-19. Na generalidade, voltam a ser aplicadas as regras do primeiro confinamento, mas com novas exceções. É o caso da oftalmologia. As clínicas e os consultórios vão manter-se abertos.

Segundo informação do Governo, transmitida ao país esta quarta-feira, os “estabelecimentos onde se prestem serviços médicos ou outros serviços de saúde e apoio social, designadamente hospitais, consultórios e clínicas, clínicas dentárias e centros de atendimento médico-veterinário com urgência, bem como aos serviços de suporte integrados nestes locais” poderão estar abertos, sob condições restritas de segurança.

Recorde-se que no primeiro confinamento, entre março e maio de 2020, houve interrupção das consultas oftalmológicas de rotina não urgentes, bem como exames e cirurgias. Os oftalmologistas restringiram o seu atendimento às consultas e cirurgias de urgência. 

Portugal continental entra num novo confinamento geral às 00h00 de 15 de janeiro, já esta sexta-feira. Está assim instituído o dever de recolhimento domiciliário.

14 Janeiro 2021
AtualidadeOftalmologia

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas