Saúde visual dos portugueses foi agravada com a pandemia

Imagem da notícia: Saúde visual dos portugueses foi agravada com a pandemia

Quase metade da população portuguesa diz sentir pioras na sua visão ao perto no último ano, período que engloba os meses de pandemia e de confinamento, durante o qual o recurso ao teletrabalho foi generalizado assim como o uso intensivo de dispositivos digitais, fatores que aumentam o risco de deterioração da saúde visual.

O inquérito “Ver(-Se) bem” – conduzido pela Direção de Saúde Visual da Essilor Portugal entre setembro e novembro de 2020, envolvendo 833 voluntários que responderam a um questionário sobre a sua saúde visual – incide em diferentes campos, dos impactos do confinamento e da pandemia, à miopia e ao conhecimento sobre os sintomas e correção da presbiopia, ou “vista cansada”.

O médico oftalmologista José Salgado-Borges colaborou na concetualização, implementação e análise crítica dos dados recolhidos.

Saiba mais na próxima edição da OftalPro.

27 Janeiro 2021
Oftalmologia

`

Notícias relacionadas

Indo integra grupo Rodenstock para “acelerar o seu crescimento”

Após vários anos de “crescimento sustentado e incremento de quota de mercado”, a Indo irá integrar-se no grupo Rodenstock para “impulsionar” o seu negócio. Estima-se que a transação fique completa no terceiro trimestre de 2022 e está sujeita à aprovação das habituais autoridades de concorrência.

Ler mais 20 Maio 2022
AtualidadeInstitucionalOftalmologia

A Importância da Miopia

Artigo técnico de Annegret Dahlmann-Noor, do Instituto Nacional de Investigação Médica Centro de Investigação Biomédica de Moorfields, Londres, Inglaterra.

Ler mais 19 Maio 2022
Oftalmologia

Optometron no 64º. Congresso da SPO

Com a incerteza provocada pela pandemia como pano de fundo, Leandro Pereira prefere não fazer projeções para 2022, acredita, contudo, que “2022 será um ano bom.

Ler mais 18 Maio 2022
Eventos e FormaçãoOftalmologia