Paulo Ferreira, ocularista na Moutinho Ópticas, em entrevista

Imagem da notícia: Paulo Ferreira, ocularista na Moutinho Ópticas, em entrevista

É na Avenida Rodrigues de Freitas que encontramos o espaço que a Moutinho Ópticas dedica à prótese ocular, um dos serviços de bandeira da histórica ótica portuense. No local é desenvolvido um trabalho que visa a mitigação dos impactos que a perda de um olho pode ter. Estivemos à conversa com Paulo Ferreira, especialista e ocularista de profissão, sobre o seu percurso e ainda sobre esta área “nobre”.

Em entrevista à OftalPro afirma perentoriamente que “a prótese ocular não é só uma questão estética, é mais do que isso, é uma questão psicológica”. E segundo o próprio, são múltiplos os exemplos disto mesmo: “ Nós temos aqui miúdos que não saíam de casa e começaram a fazer uma vida normal porque lhe colocamos uma prótese ocular; crianças que não teriam um desenvolvimento escolar tão fácil e que hoje em dia têm um desenvolvimento simples e normalíssimo, porque as outras crianças não se apercebem que elas têm uma prótese ocular; temos avós que vêm pôr próteses oculares ao fim de muitos anos, porque os netos apontam e chegam aqui e querem passar despercebidos aos netos essa deficiência; pessoas que não têm emprego e ganham emprego depois de pôr a prótese. Outras que ficam deprimidas e a prótese ocular dá-lhes uma outra forma de estar e ver as coisas”, remata.

Não perca a entrevista na íntegra na próxima edição da OftalPro.

29 Setembro 2021
AtualidadeEntrevistas

PUBLICIDADE
|MIDO 2022
`

Notícias relacionadas