Ao serviço da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia

Imagem da notícia: Ao serviço da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia

Rita Flores apresenta-se com às próximas eleições com “uma equipa sólida, abrangente, de alto nível científico, técnico e humano”, com a “vontade de pôr a nossa experiência, conhecimento e disponibilidade ao serviço dos oftalmologistas”.

Por seu turno, Nuno Campos crê que “é o momento de impulsionar a Sociedade em áreas que até agora não haviam sido exploradas”. O oftalmologista apresenta como mais valia para a sua candidatura “os mais de 16 anos” no desempenho de “funções de coordenação e gestão”. “Apresento-me com metodologias que tenho posto em prática e que pretendo continuar a usar, de forma evolutiva, ao serviço da SPO”, confere Nuno Campos.

Rita Flores sintetiza em cinco linhas programáticas, o essencial do seu programa para o próximo biénio: “Formar; Registar; Comunicar; Gerir; Organizar”. A realização de “fóruns de discussão que avaliem as reais expectativas dos sócios e que promovam um “benchmarking” com outras sociedades médicas” fazem parte do seu “plano estratégico para a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia”. 

Dos seis pilares estratégicos da lista encabeçada por Nuno Campos, fazem parte: a Ciência, Gestão, Organização, Estruturação, Talento Jovem e atualização de competências. A formação de “uma associação de CRI que constitua um lobby positivo junto do poder político”, o “reforço de todos os instrumentos comunicacionais (App, Portal, Podcasts)” ou a “promoção da inovação, assegurando espaços dedicados a brainstorming de temas fracturantes”, são os pontos chave de um projeto “ambicioso e inovador” e que não “esquece a sustentabilidade financeira da SPO”. 

As eleições para os órgãos sociais da SPO decorrem no 65º Congresso da instituição, que se realiza de 1 a 3 de dezembro de 2022, em Coimbra.   

A entrevista na íntegra a Rita Flores e Nuno Campos pode ser lida na próxima edição da OftalPro.

24 Novembro 2022
Destaque

`

Notícias relacionadas

Tiago Martins Silva em entrevista

Atual coordenador do Serviço de Oftalmologia dos Hospitais da Luz de Setúbal e Évora, Tiago Martins Silva é apaixonado pela especialidade que abraçou há quase 20 anos. Com foco na cirurgia de catarata e refrativa, o médico oftalmologista fala-nos dos desafios que encontrou ao longo da sua carreira, assim como o que considera mais importante na vida.

Ler mais 20 Junho 2024
Destaque

Como prever a progressão da miopia em crianças?

O Serviço de Oftalmologia do Hospital Fernando Pessoa alcançou mais um marco significativo ao publicar um artigo científico inovador na área da miopia. O estudo, da autoria de Sandra Guimarães e Maria João Vieira, explora as potencialidades do Plusoptix (um autorefratómetro binocular móvel) em crianças míopes que já usam óculos. 

Ler mais 26 Março 2024
Destaque