Oftalmologistas alertam para “Retinopatia de prematuridade”

Imagem da notícia: Oftalmologistas alertam para “Retinopatia de prematuridade”

À publicação online lifestyle.sapo, Madalena Monteiro, oftalmologista e coordenadora do Grupo Português de Oftalmologia Pediátrica e Estrabismo da SPO, refere que “as fases iniciais podem regredir espontaneamente e não necessitam de tratamento específico, mas exigem uma rigorosa monitorização por Oftalmologia”.

A especialista acrescenta que “quando a ROP evolui para as formas mais graves, é necessário realizar tratamento. As armas terapêuticas mais comuns são o laser e as injecções intravítreas, estando a cirurgia reservada para os casos extremos”.

Para a SPO “o facto de que os ex-grandes prematuros têm uma maior fragilidade das estruturas oculares e devem ser avaliados periodicamente por um médico oftalmologista ao longo de toda a sua vida”.

29 Novembro 2022
Oftalmologia

PUBLICIDADE
https://www.oftalpro.pt/wp-content/uploads/2022/11/BANNER-MIDO_OPTICA-E-OFTAL.gif
`

Notícias relacionadas

Rita Flores é a nova presidente da SPO

Rita Flores é a nova presidente da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO). As eleições decorreram durante o 65º Congresso Português de Oftalmologia, evento que este ano decorreu nos dias 1 e 3 dezembro.

Ler mais 5 Dezembro 2022
AtualidadeOftalmologia